Curta e Siga


Fraturas aumentam com a Osteoporose






Os principais problemas na coluna, como lombalgia, artrose e hérnia de disco são comuns na idade adulta e podem estar relacionadas ao trabalho, má postura, sedentarismo. Cada um dos sintomas e as formas de tratamento, além do problema bem conhecido, a osteoporose.

Quando a dor na coluna é intensa, persistente ou quando é acompanhada por sintomas como dor, queimação, formigamento ou outra alteração de sensibilidade na coluna, braços ou pernas, é importante procurar um ortopedista para que sejam realizados exames. O tratamento pode incluir uso de remédios, fisioterapia e por vezes, cirurgia. Veja os sintomas e como funciona o tratamento no vídeo acima.

Osteoporose é uma doença metabólica, sistêmica, que acomete os ossos. Estima-se que a proporção da osteoporose para homens e mulheres seja de seis mulheres para um homem a partir dos 50 anos e duas para um acima de 60 anos. Aproximadamente uma em cada três mulheres vai apresentar uma fratura óssea durante a vida. Mulheres têm mais osteoporose que os homens, pois têm os ossos mais finos e mais leves e apresentam perda importante durante a menopausa. No entanto, homens com deficiência alimentar de cálcio e vitaminas estão sujeitos à doença. A gente tem que procurar mudar os hábitos para se ter uma vida saudável e melhor no futuro, então a prevenção começa na infância

Geralmente as fraturas acontecem na coluna vertebral e no quadril, podendo, em casos extremos, ser muito dolorosas. Ao contrário das fraturas no quadril, as faturas vertebrais não são tipicamente decorrentes de quedas, mas de um trauma mínimo ou, até mesmo, nenhum. Pois a vértebra enfraquecida pela osteoporose não consegue mais sustentar o corpo e pode desabar em uma atividade simples do dia-a-dia.

Quase dois terços das fraturas vertebrais não apresentam sintomas, em longo prazo, por exemplo. O que pode acontecer é o paciente apresentar perda de altura e uma curvatura progressiva anormal da coluna. Já quando sintomática, haverá dores pontuais nas costas devido ao osso fraturado.

Nesse caso, os primeiros sintomas de osteoporose estão relacionados com fraturas osteoporóticas e podem incluir:

• Dorsalgia/lombalgia provocada por uma fratura vertebral
• Perda de peso
• Cifose dorsal
• Fratura óssea que ocorre com um pequeno traumatismo

Sabendo que osteoporose pode afetar boa parte da população, hábitos diários podem auxiliar na prevenção continua da doença. São eles: uma dieta adequada, acompanhada de atividade física regular, tomar sol por pelo menos 15 minutos ao dia e, quando necessário, o auxilio de medicação especifica, para prevenir a perda de capital ósseo e ajudar no seu fortalecimento.

Para quem já possui a doença, além de um acompanhamento com o especialista, é muito importante evitar as quedas com medidas simples, como:

• Retirar tapetes soltos, cabos elétricos ou qualquer outro item em casa que poderia fazer alguém tropeçar;
• Iluminar todas as áreas da casa, inclusive nas entradas e escadas. Uma luz noturna para idas ao banheiro também é recomendada;
• Tomar cuidado com pisos escorregadios, principalmente no banheiro;
• Colocar corrimão bilateral nas escadas.

Dicas para Profissionais:
  • Curso Online de Atividade Física para Gestantes
  • Curso Online de Fisioterapia na Geriatria
  • Curso Prescrição do Exercício para Idosos baseado em Evidências Científicas
  • Curso Online Hidroginástica "Consciência e Movimento"

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!