6 perguntas e respostas sobre Osteoporose






Quem responde às questões abaixo sobre a doença é o reumatologista Sérgio Lanzotti, pós-graduado pela Universidade de Campinas e MBA em Gerência de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas.

Tomar sol com bloqueador solar pode contribuir para o desenvolvimento da osteoporose?
Sérgio Lanzotti -
O sol é a única fonte natural de vitamina D, fundamental para a absorção do cálcio pelo corpo e, portanto, essencial para prevenir e tratar a osteoporose. Sendo assim, recomenda-se tomar sol diariamente por 15 a 30 minutos expondo as regiões de colo, braços e rosto sem a utilização de protetor solar, já que ele bloqueia também a formação da vitamina D. Essa exposição deve ser feita até às 10h e depois das 16h para não correr o risco de câncer de pele.

A osteoporose ocorre apenas no período pós-menopausa?
A queda do nível de cálcio nos ossos é maior depois da menopausa, entretanto sua instalação pode se iniciar na infância. Portanto, sua prevenção deve ocorrer ao longo da vida. É importante garantir a formação de ossos resistentes durante a juventude e vida adulta, uma vez que a massa óssea começa a ser fortalecida já na infância e seu pico ocorre por volta dos 20 anos de idade. Uma dieta que tenha boa quantidade de cálcio, a prática de atividades físicas e a exposição à luz do sol são fatores fundamentais para que crianças e adolescentes desenvolvam uma massa óssea de qualidade, fundamental para a prevenção futura. Essas medidas podem ajudar a evitar fraturas na idade adulta.

Então, quem tem osteoporose pode praticar atividade física?
A prática de atividade física adequada é fundamental para fortalecer os ossos, os músculos, melhorar o equilíbrio e consequentemente evitar fraturas. A força muscular sobre os ossos constitui o estímulo fundamental para a manutenção e o aumento da massa óssea. Como consequência, ocorre a melhora do equilíbrio e a prevenção de quedas, além da melhor proteção dos ossos durante as atividades físicas. Além do bem-estar físico, os exercícios proporcionam conforto social e emocional. Dessa forma, a pessoa com osteoporose se sente mais segura em manter uma vida ativa, não se privando até mesmo de pequenos hábitos do dia a dia, atitude muito comum ao descobrir a doença.

Quem não gosta de leite tem maior risco de ser afetado pela osteoporose?
Caso a pessoa não consuma a quantidade diária de cálcio necessária, pode apresentar maior risco de ter osteoporose. É importante lembrar que existem várias fontes de cálcio como derivados de leite, peixe e vegetais verdes escuros. A quantidade diária recomendada está entre os 800 e os 1.000 mg, para os jovens, e entre 1.000mg e 1.200 mg nos adultos, uma vez que perdem mais cálcio do que os jovens.

A osteoporose pode ser fatal?
Se a fratura tiver consequências bastante sérias pode levar ao óbito. As fraturas de quadril são as mais graves e, na maioria dos casos, chegam a ser fatais no prazo de um ano. Segundo a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, as fraturas por osteoporose ocorrem três vezes mais do que doenças coronárias; sete vezes mais do que derrame cerebral e oito vezes mais do que câncer de mama.

Como essa doença pode ser tratada?
Ela não tem cura, mas existem tratamentos capazes de impedir a sua progressão, evitar maiores complicações e reduzir significantemente o risco de fraturas. Por ser uma doença crônica, tomar o medicamento continuamente e de forma adequada é fator essencial para o seu controle.


6 perguntas e respostas sobre Osteoporose 6 perguntas e respostas sobre Osteoporose Editado por saude.chakalat.net on 07:47 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.