Curta e Siga


Osteoporose tem relação com menstruação irregular





Um estudo mostra que as mulheres jovens que não têm ciclos menstruais normais, sem ocorrência de gravidez, podem estar desenvolvendo insuficiência prematura do ovário e devem procurar um médico o mais rápido possível. A insuficiência prematura do ovário ocorre quando param de produzir hormônios precocemente, normalmente antes dos 40 anos. As mulheres com o problema deixam de menstruar e apresentam maior perda óssea ao longo do tempo, o que eleva o risco de osteoporose e fraturas ósseas.

Cerca de 1% das norte-americanas sofrem de insuficiência do ovário aos 40 anos, de acordo com um comunicado dos Institutos Nacionais de Saúde, que financiaram o novo estudo. Os resultados mostraram que a maioria das mulheres com a doença pode não perceber a ausência da menstruação como importante do ponto de vista médico, o que atrasa o diagnóstico da insuficiência prematura do ovário e o tratamento para prevenir a perda óssea.

"Como a falta da menstruação é um sintoma comum em mulheres jovens, é compreensível que mais de metade das pacientes não estava preocupada no começo", disse Lawrence Nelson, do Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano (NICHD), em Bethesda (Maryland). "Mas o atraso na avaliação e no tratamento da insuficiência do ovário pode colocar mulheres jovens sob risco maior de osteoporose nos anos seguintes", explicou ele.

Você já visitou o blog sobre Relacionamento hoje?


Dicas para Profissionais:
  • Curso Online de Atividade Física para Gestantes
  • Curso Online de Fisioterapia na Geriatria
  • Curso Prescrição do Exercício para Idosos baseado em Evidências Científicas
  • Curso Online Hidroginástica "Consciência e Movimento"

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!