Depressão aumenta risco de osteoporose





 
Segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Israel , quadros de depressão favorecem o desenvolvimento de doenças como a osteoporose. Para os estudiosos, a explicação para tal associação é a diminuição da emissão de estímulos nervosos nestes pacientes, que acabam ficando com menos pique e sobrecarregam os ossos na tentativa de manter a frequência de atividades físicas que tinham antes.

Os estudiosos explicam que essa sobrecarga provoca a diminuição da densidade óssea dos pacientes, favorecendo o aparecimento de fraturas. Quanto mais tempo a pessoa força os ósseos, mais chances de desenvolver a osteoporose.

Foram testadas mais de 2400 pessoas depressivas que foram submetidas à exercícios físicos por seis meses. Após o teste, os cientistas observaram a perda da densidade óssea em até 80% dos participantes, quando comparados com pacientes que sofriam de depressão.

Outras pesquisas haviam sido feitas nesta direção, mas nenhuma tinha comprovado a real ligação entre as duas doenças. Os cientistas acreditam que estes resultados são muito importantes para tratar a osteoporose em idosos, pois, muitos não apresentam propensão a doença, mas desenvolvem o quadro devido a depressão desencadeada pelas perdas trazidas pela idade.


Depressão aumenta risco de osteoporose Depressão aumenta risco de osteoporose Editado por ADMIN on 17:01 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.